Um pouquinho de tudo que eu gosto...

domingo, 26 de setembro de 2010

Hoje é meu aniversário!


Carta ao meu aniversário

Nome da cidade, 26 de setembro de 2010.

Oi, tudo bem com você? Como se passou desde o ano passado, ultima vez em que estivemos juntos? Nossa, bem que me falaram que depois dos 20, você chegava com mais rapidez. Até parece que foi ontem que sopramos juntos as 26 velinhas... É o tempo passa rápido, e você acaba se rendendo aos caprichos dele sem o menor peso na consciência. Talvez seja porque não é você que fica cada vez mais velho... Bom, deixemos pra lá as lamentações. Afinal, cedo ou tarde, você vai aparecer sempre, querendo eu ou não.
Quando você surgiu como de costume, pontualmente às 00h, eu não poderia imaginar que estaria reservando pra mim: a Chuva, que embalaria meu primeiro sono aos 27 anos de idade. Você, que me conhece há tento tempo, sabe muito bem que eu adoro dormir com barulhinho de chuva, acordar com o cheiro de terra molhada. Sim, sim! Você sabia que me agradaria, afinal foram 27 anos convivendo comigo.
Fico aqui pensando, conversando comigo mesma e imaginando suas possíveis explicações e os porquês de você ter vindo desta vez, acompanhado dela. Concluo que não fiz nada de tão especial para merecer tudo isso... Chego a acreditar que um presente desses se explique por este ser o meu primeiro aniversário longe de todos aqueles que estiveram comigo nos anos anteriores, por sinal, pessoas que gosto muito.
Sim! Essa deve ser a sua explicação! Pois bem, se foi por isso, obrigada pela atenção, adorei a surpresa. Estava mesmo precisando de uns motivos extras para alegrar-me, não que eu não tenha inúmeros motivos para isso, mas você sabe, a sua presença às vezes me assusta. Sem contar que a cada visita sua eu fico mais velha.
Não é todo dia que a gente tem o privilégio de contar com você, com a sua ilustríssima presença, muito pelo contrário, você só aparece uma vez por ano e fica por pouquíssimo tempo. E desta vez, trás a Chuva, que eu adoro! Fiquei feliz de verdade, mas devo te confessar que ainda estou meio melancólica por estar longe, da minha mãe, dos meus amigos, dos meus sobrinhos. Tenta entender vai?! A propósito, eu nunca passei por isso antes.
Apesar de tudo, tento olhar e ver apenas o lado bom da sua companhia. Tudo bem que estou longe de muita gente que eu amo, mas estar longe às vezes tem muitas vantagens. Por exemplo, quando o telefone toca e eu corro pra atender, meu coração bate a mil. Parece que ouvir a voz dos que estão longe me aproxima mais do meu passado. Parece que o fato de estar longe, me faz acreditar que as pessoas vão se lembrar mais de mim. Pode ser uma besteira minha, mas me distrai.
Ah, outra coisa, você veio, avisou com antecedência de que viria, só esqueceu-se de me alertar que desta vez viria acompanhado... Devo te comunicar, que não me preparei para isso. Na verdade estava reservando um look totalmente primaveril para esse nosso 27º encontro. Todo ano é a mesma coisa, a primavera sempre aparece para me trazer muitas flores. Espero que a sua companheira (*a Chuva) se comporte e não insista em chamar tanto a atenção e querer agradar-me tanto. Uma chuvinha pela manhã já basta, já tivemos nosso tempo juntas. E agora quero poder receber a noite, linda, sem nuvens no céu, tudo para que eu possa ver as estrelas. Adoro as estrelas, elas não fazem barulho, mas as recebo como se fossem fogos de artifício.
Sinto-me feliz demais com tantos mimos, entretanto neste exato momento custo a acreditar que mereço tudo isso. Já sinto saudades de você.
Aguardo-te no próximo ano!
Um grande beijo!!!

6 comentários:

NoticiAndo com estilo disse...

Nossa Angelita, adorei a carta!! bjos!! Feliz aniversário, de novo!!! rsss. Tres vezes hj!

Denise disse...

Angelazinha, amei a carta. Interessante que assisti agora a pouco o noticiário dizendo que em Campo Grande choveu..lembrei imediatamente do quanto vc gosta de chuva. Foi realmente presente. Nossa amada Palmas está pegando fogo..rsrs.
Bjs, feliz niver..de novo.

NoticiAndo com estilo disse...

Sobre seu recado: Eu idem querida, idem, idem, idem. O tempo não para e não volta :( :( (muito bem expressado neste teu texto). Às vezes ele é cruel!

Iolete disse...

Eu sempre soube que vc tinha uma veia poética, mas não imaginava que dominava tão bem as palavras. Adorei a carta Angelita, parabénsssssssss.
bjo

A So Que Fez disse...

Parabéns hoje e sempre!!
Bjs,So

As coisas de Maria disse...

que bonito...
me emocionei lembrando do meu primeiro aniversario longe dos meus!
feliz aniversario atrasadoooo!
vou poder felicitar a tempo esse ano \00/

Deixe seu comentário! Sua opinião é importante!

Se preferir, mande um e-mail pra mim que responderei com todo prazer: angelcambraia@yahoo.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...